domingo, 26 de setembro de 2010

Pensando sobre quando penso em você

E porque não escrevo sobre tudo é que escrevo sobre você.
Você que me olhou quando pensou que eu não via. Você que parou de me olhar quando percebeu que eu notava e esperava minha distração para voltar a mirar-me...
E porque nem tudo que percebo me interessa é que escrevo a seu respeito.
Você que agora me fala que me quer falar. Você que quer saber sobre meus interesses torcendo que teu nome conste na lista, mas como não sei o que te interessa de fato vagamente falo coisas e deixo as que calam exatamente assim...
E porque calo sobre o que me é caro aqui tenho sobre você palavras.
Você que me toca com as mãos talvez querendo alcançar o coração. Você a quem toco para me sentir viva sabendo que me toque ferve o sangue que corre em tuas veias que bombeiam um coração que não sei até onde pretendo tocar...
E porque gosto de ver falo de você com os olhos fechados.
Você que tenta falar-me coisas até que eu te interrompa tocando-te os lábios com os dedos em armadilha, ainda que carinhosa, é armadilha. Você que pretende me dizer o que qualquer mulher espera ouvir...
E porque me entrego em mistérios descrevo o que em ti pra mim é muito claro.
Um jovem que de tão comum se faz diferente. Básico, muito básico. Falta-lhe coisas sem as quais eu viveria, mas me dou a luxos  que rapidamente te fariam acreditar que não mereça...
E porque não te quero igual a tudo te dedico palavras quando ainda não arrisco te mostrar...
E porque me interesso por você apesar de ainda não perceber o que em ti me desperta construo mecanismos que me diga o que vai no que sinto quando leio as coisas que eu mesma escrevo...
E porque tenho medo de te fazer sofrer sei que sua falta me custaria muito, ainda que eu não entenda exatamente o que é para mim sua presença...
E porque te vejo quando fecho os olhos arrisco de vez em quando algumas palavras para ver-te rir e memorizar seu sorriso e quem sabe falar mais dele, de você...
E porque sei que é muito o que eu não sei de ti ainda tenho paciência para procurar mais de ti enquanto repetimos mais do mesmo, como alguém que garimpa um tesouro passeio em ti como os garimpeiros em túneis...
O que sei  sobre nós dois não é muito. Sei que não é tão bom pensar ser para alguém apenas uma possibilidade, mas se esse alguém sou eu é importante saber também que não vejo possibilidades  em um nós tão facilmente... Tento nos poupar do que pode acontecer enquanto ainda não entendo o que já aconteceu...

Se um dia eu deixar escapar as palavras que agora escrevo e elas correrem até você talvez eu descanse.
Cada vez menos consigo descansar, não é fácil dizer a alguém que não posso me entregar enquanto não me tenho, te respeito muito e não te deixarei na companhia de um corpo e só um corpo. Algumas vezes é só o que sou, cansada de pensar e sentir outrora em demasia minha alma desencontrou-se do corpo e eu ainda espero o que ou quem possa uni-los.
Eu preciso então de tempo, o tempo das sensações, e mesmo assim não há garantias pra você... nem para mim. Escrevo com lágrimas escorrendo dos olhos e ouvindo o cara que canta como se o fizesse pensando em mim(e de quem aqui já falei) e que a pouco descobri que você também se identifica com a mesma arte. Eu ouço as flautas e o violão e a voz que parece sair de um coração que está se rasgando e me sinto um pouco feliz de me encontrar um na tristeza que se faz canto.
Não planejo nem o próximo segundo, se me compreenderes me perdoará pelos dias que não poderei prometer-lhe. É como a dança que tanto me faz falta e então visto o figurino e danço só no salão vazio dos meus pensamentos, e agora entrego a minha alma ao que reclama corpo. São as duas metades de mim que me confundem enquanto na verdade deveriam se confundir uma na outra...
Agora vou induzir meu sono na esperança de que seja você o meu sonhar. O fato é que se não o amo, te respeito e admiro a ponto de querer-te amar...

"Quem andou no escuro vai ter faro e ouvir melhor. Tem direito ao descanso, vai ter férias da dor. (...) Todo encontro é cordão nos ligando ao que vai. Todo encontro é vagão de um trem que sai."
Oswaldo Montenegro

31 comentários:

Vitor disse...

Texto sublime...daqueles de inspiração única...e de muita meditação e reflexão...gostei,e muito!

Bj*

ValeriaC disse...

Quanta riqueza em seu pensar amiga...
Bom domingo e ótima semana...beijos...
Valéria

Paulo disse...

Juci...

Você brinca com as palavras de uma forma deliciosa... Uma verdadeira descoberta... Uma declaração de amor.
Amei o texto!
Parabéns!
Beijo grande.

Sophi (para os íntimos) disse...

Que texto intenso e infinitamente lindo!

Obrigada pelo carinho Juci é uma delícia poder apreciar teus monentos!

Um grande beijo

Lara Amaral disse...

Obrigada pelo comentário, Juci! =)

Beijo.

Maria José disse...

Nem sei o que comentar, amiga. Existem textos que são tão íntimos, inspirados no próprio santuário, que para entrarmos, temos que pedir licença e adentrarmos de joelhos. Beijos.

Lucas disse...

nossa a frase finallll arrepiouuu

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Juci
esse amor de que vc é capaz, vem de um amor geral pro ser humano. Obrigada Juci, por tua visita e sentimento.

EduCaldeira disse...

Olá... tudo bem?
Vi seu Blog indicado no Orkut e gostei muito, de tudo.
Estou virando seu seguidor, pois estarei sempre por aqui.
Parabéns pelo trabalho e pelo bom gosto.
Saudações,
EDU (http://edurjedu.blogspot.com)
Orkut http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=4691439143998052531

Sônia Silvino disse...

Oi, Jucy queriiiida!
Tudo bem?
Vim acabar com a saudade e trazer um presentinho:
Deixo para você um poema feito por mim!
Um abraço
Um abraço faz milagres...
Aquece a alma e o coração!
Não custa nada!
É só ter um pouquinho de boa vontade
e distribuir de montão!
Quando você abraça alguém
seu coração entrega um pouco de amor!
Quem recebe fica feliz
e quem abraça tem um dia encantador!
Transforme o seu dia,
transforme o dia de alguém!
Abrace com carinho e alegria!
Você vai ficar feliz também!
_____________________


Um abraço, graaande!
Boa semana!!!
Sônia Silvino's Blogs
Vários temas & um só coração!

Lia Araújo disse...

Linda declaração de amor....

beijos

e obrigada pelo carinho

otima semana

Denise Portes disse...

Lindo texto.
Ah, o amor, sempre nos trazendo os sentimentos mais profundos.
Beijos
Denise

Poupée Amélie™ disse...

"Você é algo assim, é tudo pra mim..."
Lindo texto!
BjO*

*lua* disse...

Fabulosa como sempre ... garimpadora de sensações e descobertas ... aqui sempre sou aprendiz! Beijo Juci

Joana Carvalho disse...

gostei :)

obrigada querida, segue-o também e divulga :)

A.S. disse...

Adorei o texto... Vibram emoções!


BjO´ss
AL

Valéria Sorohan disse...

Tanto sentimento em forma de palavras que só tenho à dizer...Lindo, lindo!

BeijooO*

maricotinha ♥ disse...

Que forte!
Muito bonito!

ஐ¸.Lady .¸ஐ disse...

Maravilhoso esse texto.Uma delícia ler etas palavras.
O amor é o que move esse mundo!
Beijos da Lady

Leo disse...

Maravilhoso texto!!!!!

dá até vontade de ir sonhar!

Um beijão!!

♫ ♪ Wilson ♫ ♪ disse...

Bom dia, amiga.
Lindo texto..mas o final é fantástico.

Passei para te desejar uma linda primavera.

Beijos de luz

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
♥░░░(¯`:´¯)░░ ░░░⋰⋰♥
♥░░(¯ `•.\|/.•´¯)░░░⋰⋰⋰⋰⋰♥
♥░(¯ `•.(۞).•´¯)░(¯`:´¯)⋰⋰⋰⋰♥
♥░░( _.•´/|\`•._)(¯ `•.\|/.•´¯)♥
♥░░░ (_.:._).░(¯ `•.(۞).•´¯)♥
♥░░░(¯`:´¯)░░(_. •´/|\`•._)♥
♥░(¯ `•.\|/.•´¯)░░(_.:._).♥
♥░(¯ `•.(۞).•´¯)░░░░⋰⋰⋰⋰⋰♥
♥░░(_.• ´/|\`•._)░░⋰⋰⋰⋰⋰♥
♥░░░(_.:._) ░░░░░⋰⋰⋰⋰⋰♥
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥FELIZ PRIMAVERA!!!!!!!!

Talita Oliveira disse...

Post simplesmente perfeito!
Adorei aqui!!

Beijos!

Thayana Ota disse...

Amei e além de tudo muito gostoso de ler...bjo enorme, minha linda!

Marcos Almeida disse...

Como não amar e querer bem alguém assim?
Alguém que faz viver um ser sem vida.

Abraços do amigo em fragmentos.

Cigana do Oriente disse...

O trecho final foi fantástico, parabéns!
Você escreve muiiiitooo bem, deixo a você o meu carinho.

Ahh não esquece de ver o selinho na lateral do meu blog sobre a campanha da verificação de palavras

Beijos em seu coração!

Karen disse...

Obrigada pela visita, Juci!!!!
Seguirei seu blog e o acompanharei ;)
Um grande beijo de Borboleta!

Flor ♥ disse...

Olá, minha querida!

Passando prá deixar um abraço, agradecer teu carinho ...

Bjs.

Zil Mar disse...

Oi..estou honrada com sua presença no meu blog...e agradeço tb seu comentário..OBRIGADA!

Seu blog é uma das coisas mais bonitas que já vi...e lendo seu post posso lhe dizer que estou encantada!

bjos!

Zil

Carolina de Castro disse...

Que texto bacana!
Brincando com as palavras de forma muito gostosa!
Amei!
bj

Vi e Ouvi Por Ai disse...

minha querida... vc merece todos os aplausos (em pé) por esse belíssimo texto!!!! Muito me encanta o seu dom de escrever com tanto sentimento e delicadeza!!!

Grande beijo!!!

Vivian

aleheavyjack disse...

Olha, fosse eu esse alguém a que você se refere, e conheci quem dissesse exatamente o que você disse, eu diria novamente:

"Disseram da eterna abundância o pote de ouro no fim do arco-íris
Esqueceram que o fim seria o do precisaria
No momento em que o querer dobra joelhos
No Templo da simples simetria"

Bjs e por acaso caí nesse lindo blog.