sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Mãos

Desde criança eu tenho a mania de olhar as mãos das pessoas e logo avalio se são feias ou bonitas. As mãos de uma pessoa dizem muito, e não quer dizer que é na mesma proporção da beleza delas. Mãos calejadas não são bonitas, mas geralmente contam a história de uma vida de muito trabalho pesado. Mãos boitas são até um luxo, mas remetem a toque macio. Mas meu primeiro impulso se olho uma mão é mesmo a beleza, se tem acessórios, se as unhas são feitas, se são fofinhas.

Quando estou com as unhas por fazer me sinto feia não importa o quanto me arrume, então toda a semana mesmo achando que perco algumas preciosas horas dou alguma atenção a elas, mas, é mercido se pensar que quase tudo que fazemos contam com as mãos, ferramentas fundamentais para a realização de tantos trabalhos.
Eu ainda olho as mãos das pessoas talvez com maior interesse que antes, seja das pessoas no ônibus, dos atendentes de qualquer lugar que eu vá, os caixas de supermecados, médicos, etc. Quando vejo mãos bonitas eu logo penso que se trata de alguém com a mesma mania que eu, e se olho de soslaio, olha lá a criatura olhando as minhas também!
Mas não há beleza maior em mãos que as do afago. E se não forem "mãos de seda" ainda assim carregam a maciez da intenção. Espero que vocês tenham nas mãos muitas história bonitas para contar!

"Tenho apenas duas mãos e o sentimento do mundo."
Carlos Drummond de Andrade

18 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Senpre passo creme nas minha mãos e tal, mas odeeeeeio fazer unha! Não sinto muita falta se elas tiverem feinhas, dou uma boa lixada e passou uma base e pronto. Realmente unha não é meu ponto forte! Cabelo eu gosto de cuidar!

Beijocas

Wanderley Elian Lima disse...

Mão bem cuidadas realmente são muito bonitas, passam boa impressão sobre a pessoa.
Obrigado pelo comentário em meu blog.
Bjux

Bé* disse...

Admito que a minha preocupação com o facto de como apresento as minhas mãos é imensa. Tento sempre ter o máximo cuidado com as unhas e a pele. Como dizes no post, se não tiver as unhas arranjadas é como se não me sentisse bonita, tornou-se algo indispensável.

beijinho*

Naty e Carlos disse...

O amor nasce de um beijo, cresce de um sorriso, alimenta-se de um carinho e ressuscita de um perdão."
Uma boa semana
Bjs com carinho

Isadora disse...

Olá passo para conhecer o seu espaço e retribuir a visita. Mãos são minha vaidade. Cremes e unhas feitas sempre. Também me sinto desarrumada quando as unhas não estão feitas, mas as mãos que afagam essas podem estar com unhas feitas ou não, com creme ou não pois são sempre bem vindas.
Um beijo

Bruno de Paula disse...

Passando ...
Para deixar-lhe um abraço.
Parabéns pelo Blog !
Uma leitura gostosa ...
Temas diversificados e interessantes

=- Bruno de Paula -=

Pedro Miguel disse...

Eu tenho a mania de roer as unhas, mas é só quando estou mais nervoso. Ou quando a forme aperta. :/

E também não gosto de ter as mãos sujas. Faz-me impressão e sinto-me tão feio como se tivesse barba. xD

Denise Portes disse...

Belo texto.
Eu também tenho mania de observar as mãos das pessoas, como sou dentista e escritora, minhas mãos tem que estar sempre muito protegidas e cuidadas.
Beijo
Denise

ღPat.ღ disse...

Linda Juci,

As mãos realmente são alvo de olhares sempre. Eu adoro braços... mas voltando as mãos, as minhas são tão finas que só de lavar a louça ficam super vermelhas. Por mais que eu faça vários trabalhos em casa ou de força nos meus treinos, não perde a textura.


Obrigada por seu carinho em meu canto, saudades de tua visita!
Beijo.

jefhcardoso disse...

Olá, Juci! Venho lhe convidar para ler “É Primavera” no meu http://jefhcardoso.blogspot.com . É possível fazer poesia com um velho, urubus e uma carcaça podre? Eu tentei, agora estou pedindo quantas opiniões for possível. Grande abraço e obrigado antecipado!

“Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)

Leo Ribeiro disse...

Dando uma passado por esse espaço. Te agradeço os comentarios. Te seguindo. Bom final de semana.

Isa mar disse...

Oi Juci, vim agradecer o seu carinho e conhecer o seu espaço, adorei!
Já fico por aqui...
Eu sempre cuidei das minhas mãos e estar com a unha bem feita pra mim é um hábito como todos os outros de higiene pessoal.
Sempre usei unhas compridas, agora de uns tempos pra cá tenho deixado elas um pouco mais curtas, mas muito curtas não consigo nem pegar nas coisas rsss
Desejo á vc uma ótima tarde, beijos em seu coração!

ValeriaC disse...

Ah Juci minha flor...também gosto de estar com minhas unhas sempre feitas amiga...e as mãos hidratadas...é um cuidado e um carinho por nós mesmas, não é?
Beijinhos...

Eduardo Medeiros disse...

Oi Juci, como vai?

As mãos carregam um simbolismo poderoso: são elas que constroem o mundo, são elas que levantam e que derrubam, são elas que afagam e esbofeteiam. Costumo dar muito valor a mãos calejadas, grossas pelo esforço do trabalho pesado. E o aperto de mãos, quanto simbolismo nesse geste...

um grande abraço com mãos afetuosas.

A. Reiffer disse...

Ah, as mãos dizem muito. Belo texto! Abraços!

Jeanne disse...

Acho as mãos tão importantes para trabalhar, cozinhar, fazer uma carícia, tocar nos lábios e atirar um beijo, que nem reparo nos acessórios. Mas uso um creme sim, mas não tenho a mínima paciência para fazer as unhas,rsrsrs
mas acho legal e até admiro quem cuida bem das suas...
Beijos

Ives disse...

olá, nossa, fantástico hein abraços

Liza Leal disse...

Oi Juci!

Sim, as mãos dizem mto!
E, claro, unhas feitas dão graça e leveza... Eu adoro!
A primeira vez q vi os meus filhos(logo depois q dei a luz),quis olhar nas mãozinhas deles, e vi o qto eram parecidas c/as do pai.
=)

bjo