quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Doce Solidão

Estou desaprendendo a solidão e isso me custa um pouco. Claro que jamais deixarei totalmente de ser solidão, e é por isso que que também jamais deixarei de desejar companhia. Mas que seja a que tenho, a que tenho e ainda assim quero mais, de modo que tenho mas que nunca será eu, e viverei tentando então de forma insana e abençoada fazê-lo parte de mim ou ser parte nele. Percebi em um relance de pensamento que amor e solidão se completam, mesmo que quando um chegue o outro vá embora.
Quero continuar desaprendendo a solidão para melhor aprender a amar, e é por isso que não posso desaprender completamente. É na solidão que preparo o encontro, que compro flores e acendo velas e perfumo o ambiente. Sou assim cheia de rituais, talvez um aprendizado de quem entende o vazio de solidão. E a solidão me dá tantas coisas, inclusive uma contradição que nunca entendi, em solidão sinto um misto de paz e desassossego. 

O que eu sei é que peguei o gosto por livros e por longos passeios sem destino. Descobri a mim, pedaços que desconhecia mas; principalmente me encantei por ser inteira. Agora o amor não é um lugar, não é um destino. O amor é um fazer, é um ato para o qual descobrir ter sido feita. Sou o amor de alguém e é só assim que pode ser.  Ser amada ou amado não é simples porque é coisa para dois. Ser amado sem amar é ilusão, só é amado quem se permite, e só se permite quem também ama.
Apesar do amor se fazer no encontro é na solidão que ele nos toma, e aí ele vai nos tomando a solidão. Mas se agora quem amo não está aqui, a solidão está e nela ganha força meus abraços e fôlegos os meus beijos. Esqueço que sou só no primeiro segundo que o vejo, mas me lembro no próximo segundo quando em abraço sei que não poderemos permanecer as vinte e quatro horas do dia. Seguro o abraço em mim e a solidão em mim não fica mais sozinha, ela se confunde com a minha lembrança e faz o amor mais presença a cada dia em que só, desaprendo a solidão.

19 comentários:

Michele disse...

Acho que a gente tem mesmo é que aprender a viver a solidão! Nos curtir talvez seja o melhor caminho... aprender a conviver conosco e a curtir cada silêncio que a nossa companhia nos faz.

Um beijo, querida!

Helcio Maia disse...

Lembrou-me a canção do Marcelo Camelo. Aiás, letra instigante e melodia gostosa.
Abraço!

Leo disse...

A solidão não é tão ruim como parece, quando a encaramos de frente!

Beijos!

Flor disse...

Olha, eu nunca fui só e agora tenho que aprender a lidar com isso, mudei de cidade e bem, só conheço meu namorado aqui, dificulta um pouco as coisas, mas a gente vai levando, descobrindo que a melhor companhia somos nós.

s2

Altamirando Macedo disse...

Há horas em que é melhor ficarmos em silêncio curtindo nossa própria compania do que sozinho em meio a uma multidão desconhecida. Para tudo tem seu tempo.
Abraços.

Elaine Castro. disse...

Oie,
A solidão traz muita dor, mas também o aprendizado, eu também estou tendo que reaprender esta linguagem, afinal no final das contas estamos sempre sozinhos...

Abraços.;

Flor de Lótus disse...

Oi,Juci!Nossa que texto lindo, acho que nós temos que aprender a conviver melhor com a gente mesmo, eu vi uma vez um cantor dizendo uqe nunca estamos sozinho "na pior" das hipóteses estamos conosco mesmos e é nisso uqe eu acredito.E se não soubermos usufruir da nossa própria companhia da melhor forma possível dificilmente seremos felizes ao lado de alguém.
Beijosss

Mila Lopes disse...

A instrospecção é um momento que podemos chamar de solidão...
Amo ficar com meus livros, a nossa solidão é tão gostosa, rs

Lindo texto!

Bjs

Mila

Dama de Cinzas disse...

Bonito esse texto! Muito a ver comigo, como meu jeito de encarar solidão.

Eu acho que sempre fui e sempre serei meio solitária, mesmo acompanhada.

Beijocas

Ives disse...

A solidão fere, depois procura pelo calor humano, se decepciona ou voa...abraços

Bé* disse...

A solidão também faz parte, é preciso encará-la sem medo!;) Beijinho

Bárbara Silva disse...

- claro que sim (:

Ariana disse...

Temos que acostumar com a solidão ou então ela vai nos maltratar mais ainda.

Lindo texto flor!


Beijos e bom fim de semana!

Jeanne disse...

Todos precisam conviver com a solidão sem medo. Conhecer-se e ser sua boa companhia é um bom caminho.
Lindo texto, profundo e bem construido...
Beijos

LadyBüg disse...

lindo texto querida!

obrigada :)

Néia Lambert disse...

Juci, eu já ouvi dizer que a solidão é ótima desde que tenha data para terminar. Eu também penso assim, gosto de ter momentos comigo mesma, mas adoro uma boa companhia, é o me faz bem!
Beijos

'Lara Mello disse...

Tenho adorado sua presença no blog.. Vlw! Sorte!

Multiolhares disse...

existe uma diferença entre solidão e estarmos sós, quando estamos sós podemos aprender muito e encontrar paz para caminharmos, mas a solidão então aquela que se sente no meio de muita gente essa é dolorosa
bj

Thatamakeseetc disse...

Oi lindona!
Td jóia?
Que maravilha!! Tb fiquei super feliz em encontrar uma conterrânea, rsrsrsrs. é tão raro...
Manteremos contato sempreeeeee.
Bjks e bem vinda ao blog.