segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Boneca com alma


Gosto quando giram a chave para me estimular, me dar vida e movimento.

Mas um dia ainda arranco essa mesma chave que me limita aos movimentos pré-programados.
Posso até ficar quieta, mas ao menos terei mais tempo para movimentar o mundo das engrenagens dentro em mim...
Perco a utilidade para os que são apenas práticos, e conquisto o respeito dos que são livres.

36 comentários:

Jeanne disse...

Lindo e profundo. Sempre é melhor a liberdade de ser e pensar, embora seja algo difícil de conquistar, refém que somos de uma sociedade invasora dos nossos espaços internos, ao mesmo tempo que influenciamos e somos influenciados...
Busco muito esta liberdade.
Beijos

Nikyta Junqueira disse...

Maraaa esse texto... *-*

ErikaH Azzevedo disse...

Reconhecer-se preso é o primeiro passo em busca da liberdade minha querida.
Meu beijo

Erikah

Marischettini disse...

Diria que liberdade é algo que vive dentro de nós sempre, ela só espera a hora exata para se mostrar ao mundo.

Valéria Sorohan disse...

Quando esse dia chegar, aproveite e valorize sua liberdade, mais que tudo!

BeijooO*

Edson Carmo disse...

É isso aí, Juci!

A meta é ser livre, é a liberdade.

Gosto da forma com que escreves.

Um grande abraço do amigo,

Edson Carmo

Insana disse...

Sua mensagem é simples e linda.

bjs
Insana

Franck disse...

Lendo seu texto sabe do que lembrei? De uma caixinha que tinha na casa da minha mãe qdo criança, dava-se corda e a bailarina dançava e dançava e dançava...
Bjs*
PS: Obg pelos parabéns!

Eduardo Medeiros disse...

Os movimentos pré-programados só são bons quando é você mesmo por livre e espontânea vontade e crítica que os põe para funcionar. E sempre haverá a liberdade de descartá-los quando não fizerem mais sentido para você. Agora, os movimentos pré-programados impostos de fora, estes quase nunca nos servem de fato.

beijos

Ana Paula disse...

Perfeito! Já li muitos posts seus aqui, mas posso dizer que com certeza esse está pelo menos entre os 3 que eu mais gostei.
Linda metáfora! *-*

Obrigada por visitar o meu blog! 8D

http://caixinha-de-tudo.blogspot.com

Ana Agarriberri disse...

Nossa, que lindo. Serviu muito pra mim esse teu post... Muito bom vir aqui hoje e ler esse texto. Ótimo estímulo... Beeejo,beeejo, boa semana. :)

Leo disse...

concordo com a Erikah, o primeiro passo já foi dado, as amarras estão folgadas, é só sacudir!!

Um beijo grande!!

Denise Portes disse...

Juci querida,
Muito bonito esse texto.
A liberdade é uma conquista.
Beijo
Denise

Isabelle. disse...

Liberdade, sempre!

rayanne poletti disse...

Desculpa ter sumido, eu nem tava postando porque estou super sem tempo ultimamente, mas muito obrigada pelos comentários! E seu blog continua maravilhoso como sempre haha um beijo!

Colecionadora de Silêncios disse...

Olá, Juci!

Obrigada pela visita...
Vim conhecer o seu espaço e me apaixonei! Tudo muito lindo por aqui...

Belo texto!
É bom ser livre, né? Estar preso só é válido quando é por livre vontade... rs

Beijos, querida... sigo-te tb!

Encantadora de Abelhas disse...

Vc é, e pode ser mais do que te limitam, mais até do que vc imagina que pode... Basta acreditar, seguir em frente e se libertar!
Feliz Dia das Crianças, que se reflita numa linda poesia pro seu dia.
Bj

Lívia Azzi disse...

A beleza da vida está exatamente nesses momentos desnecessários e livres, deles resultam a "boa alma": completamente desprogramada e bela, assim como a arte!

Um beijo!

Lucas disse...

hmmm é preciso sensibilidade para interagir que essa boneca curti

Sr. Reticente disse...

Obrigado pela visita... Vou te add também!! E vamos nos lendo... Abração!

Marcos Almeida disse...

Profundas palavras. Afinal é sempre bom quebrar a casca de um mundo que nos prende e saltar rumo a um mundo onde somos livres

Abraços do amigo livre e em fragmentos!

A.S. disse...

Juci...

As mais belas melodias são aquelas que se tocam de improviso!
Arremessa a chave para bem longe e liberta os teus passos...

Beijos
AL

Clara disse...

Acho que eu sou prática, mas nem por isso ando com uma chavinha atrás das costas. Isso de liberdade é algo importante, todo mundo deveria ter esse direito -e essa coragem!

Muito profundo seu texto, mesmo pequeno diz muita coisa.

Flor disse...

Quero muito arrancar essa chava que me limita.

Adorei (:

Bjs

Malu disse...

Oi , Juci !

Lindo seu texto.
Do título até a última palavra.


Grande Bjo.

Multiolhares disse...

quantas vezes rodam essa chave e nos querem meninas programadas, não é facil descobrirmos a liberdade
beijinhos

♫ ♪ Wilson ♫ ♪ disse...

Então se solte, amiga.
Seja livre e voe pra onde quiser ir.

Um beijo carinhoso e ótima noite pra vc.

Pensamento aqui é Documento disse...

É bom arrancar a chave. Bom, não. Ótimo. A dependência dela nos amarra ao pré-concebido, ao programado. Bom mesmo é ser livre. Ainda que a liberdade tenha lá seu preço.

Ana Agarriberri disse...

Juci! Tem selinhos pra vc lá no Molhe-se, passa lá e pega. Beeejo,beeejo.

Maria Janice Vianna disse...

Obrigada pela visita e elogio. Gostei muito daqui. Te sigo daqui pra frente. Beijo.

Fátima disse...

Esse teu texto diz tanto pra mim, conheço os dois lados tão claramente, dá pra pensar tanto aqui Juci..rs.
Profundo, lindo!

Beijos meu

Zil Mar disse...

Nossaaa...que testo maravilhoso!

Profundo....intenso!

Adorei...

bjos querida e obrigada pelo carinho de sempre!

Zil

Pedro Miguel disse...

Foram apenas fazes na vida de um jovem. :)

Luciana disse...

A liberdade eh uma escolha nossa...
Lindo seu texto,dorei.!

*lua* disse...

Em poucas palavras, definistes o tesouro maior de nossas vidas, a liberdade! Belíssimo Jú, beijo grande.

Poupée Amélie™ disse...

Que texto lindo e inteligente.
Muitas vezes é melhor a inércia consciente do que o movimento manipulado.
BeijO*