segunda-feira, 7 de junho de 2010

11 comentários:

Poupée Amélie™ disse...

Faça amor, não faça guerra! Mas eu quero fazer amor escondidinha... rsrs.

Sil.. disse...

Com certezaaaaaaa Juci.
Lennon estava certo.

Minha querida, saudade de voce.
As vezes queria ter mais tempo pra dar um carinho nos blogs que eu amoooo, como o seu.
E qdo entro aqui, e leio coisas tão lindas, de uma pessoa tão querida, mais e mais eu me convenço de que o mundo vale a pena.

Um abraço do tamanho do mar!!!

Maggy disse...

perfeita realidade, perfeita verdade...

não há vergonha na guerra, mas há sim vergonha no amor e muito preconceito...

há hábitos que têm mesmo de mudar

bjinhos

Jojozinha disse...

concordo!

Eduardo Medeiros disse...

Esse era o John...

abraços

*lua* disse...

Escondemos o amor e colocamos com mais facilidade na luz a raiva!!!

Difícil!!!

Beijo grande linda

Valéria Sorohan disse...

Uma contradição discarada John Lennon é safo...rs
Tem selinho(este blog é da paz) para você, é só repassar para os blogs que te inspire paz!

BeijooO'

Monday disse...

É que fazer amor é uma coisa mais egoísta ... rsss

orespirardopensamento disse...

Depende do tipo de amor...
Carinho...em qualquer lado!
Amor...sexo....bem aí é um bocado difícil à vista! Existirão sempre uns chatos chamados de mirones...
só com seguranças privados a 300 metros em redor...e mesmo assim temos que os revistar...porque podem ter máquina de foto ou binóculo.
Gosto de privacidade.

Mas quando era bem jovem...
não dá para contar...
em blogue...
Gostei de revisitar-te!
Beijo

D. R. disse...

So true...

Beijo........... :)

Brasil Desnudo disse...

A declaração de Lennon é uma da mais bem citadas contra a IRRACIONALIDADE...
De se ESconder do Amor e, vivênciar a guerra da violência aos olhos de todos.
Pensando agora Racionalmente, como nós, chamados de seres Humanos RACIONAIS, deveriamos inverter esse processo.

MARCIO RJ