quinta-feira, 15 de abril de 2010

Amor X Sexo ou Amor + Sexo?


       
        Lanço aqui uma espécie de desafio. Pessoas diferentes com seus diferentes pontos de vista e experiências "conversando" sobre um assunto adorável: amor e sexo. Sabemos que até algum tempo atrás um mulher propor tal assunto seria total indescência, pois bem, hoje é pura ousadia e cá estou eu. Já vi e ouvi bastante coisa que podem ser consideradas efeito  do uso incorreto do que considero fundamentos para uma vida saudável e feliz. A pontuar:

  • Mulheres frustradas em busca de um príncipe encantado;

  • Divórcios em demasia;

  • Casamentos infelizes;

  • Homens infiéis e infelizes;

  • Amizades baseadas em sexo.
        São apenas alguns exemplos dentre uma lista enorme. Talvez eu me enquadre em aguns, ou você. Ora, em matéria de relacionamentos não existe apenas um culpado. Uma coisa são fantasias sexuais, outra é fantasiar um ser humano perfeito. Particularmente não moro em um país de príncipes, mas conheço alguns cavalheiros, e para mim basta. Outra coisa que sempre em hora oportuna verifico é que casamento não é necessariamente consolidação de amor, mas o contrário; o amor é o único capaz de reafirmar diariamente relacionamentos. Mas e o sexo? O sexo é e sempre será experimentação, novidade, busca, até mesmo compulsão para alguns. Ora ora; chegamos aqui em um complicado problema. Eu só consigo amar o que conheço, o que está próximo, o que se revela. Mas a atração sexual é movida pelo mistério contido nas formas, nos gestos, em detalhes dos quais preciso me aproximar.

        Existem dois seres em uma só pessoa; o afetivo e o sexual. Mas ambos podem sim, e devem estar presentes aos olhos do outro. A certeza do amor não pode anular o mistério do sexo. Existe um segredo em mim que nem eu mesma alcanço, e aí a certeza de que só alguém me ajudará a sentir, mas não qualque um. O ideal é alguém que eu ame a ponto de confiar um segredo meu. O que pretendo esclarecer é o seguinte: do mesmo jeito que o amor pode ser infinito, o sexo por sua vez é inesgotável. Está claro então que um precisa do outro para o ápice de ambos. Somos frequentemente traídos pelo nossos determinismo ou pelos nossos tabus. A plenitude é real sim!
        Caracterizamos o coração como guardião dos amores, e a mente dos prazes. Assim sendo, a saúde é plena quando organicamente funcionamos em hamornia, precisamos da fusão. A conversa franca entre parceiros ainda é o melhor remédio. Uma conversa que abra espaços no dia a dia para o exercício de atos Qualquer entrega com êxito só é possível quando há alguém disposto a receber.

14 comentários:

**Kátia MaYa** disse...

Da' hj a mais! Assim ja' compensa os que nao destes no dia! :D

Sil.. disse...

Juci, assunto complicado esse. Ou não, talvez a gente que complique.
Hoje, eu sou assim: Não funciona sexo sem AMOR.Talvez isso seja um amadurecimento meu, talvez um recalque, sei lá, mas funciona assim. Óbvio que já tive fases (poucas eu diria) de sexo por "Encantamento, tesão e coisas afins", mas foi passado.
Mas hoje funciono assim. Sexo com amor, cumplicidade, troca e tudo que vier no pacote!
Abraço enormeeeeeeee!

Rafael disse...

Obrigado pelo comentário lá no meu blog... vou aparecer por aqui tbm...viu! Grande Abraço!

MARIA L. BÓZOLI disse...

"As mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio
de um olhar."

Uma sexta de muito amor & paz.

Beijos de coração prá coração!!

Hana disse...

Oi minha linda, estou igual vc só tenho compromisso com o acaso, e me deixo levar, obrigada pelo seu carinho em meu blog adorei te ver por lá.
com carinho
Hana

Menina disse...

Acho que Amor E Sexo vindo em um kit só é bem melhor do que os itens separadas. Quando isso acorre sempre fica um sentimento de vazio, como se algo estivesse faltando!

Adorei o texto e as imagens!


Beijitos!!

Valéria disse...

Sim eu me enquadro em alguma coisa aí do seu texto e digo mais, o ser afetivo tem pulsado mais em mim ultimamente.

BeijooO'

Úrsula Avner disse...

Oi Juci, prazer em pousar um pouquinho aqui no seu adorável blog ! Obrigada pelo carinho de sua visita e gentileza do comentário. Estou feliz por você ter aportado no meu cantinho... Nos encontraremos mais adiante... Bj.

Amanda Vieira, disse...

Seu blog é ótimo
estous eguindo tambem :)

Sonia Pires disse...

Gostei muito do teu blog! Assunto difícil de definir, envolve muitas variantes. Amor com sexo é o que tem de melhor! Eterno? Não sei, o importante é "que seja eterno enquanto dure".

O Profeta disse...

Eram azuis os dias que inventei
A casa dos meus sonhos feita de chocolate
A criançada nunca esgotava a gargalhada
Um cão de meigo olhar não fala, mas late

Uma gaiola dourada
Uma papagaio papagueando sem parar
O amor tatuado em cada canto
Para teres a certeza, no teu chegar


Um bom fim de semana

Mágico beijo

rayanne poletti disse...

Adorei o seu blog! Obrigada pelo comentário,seguindo também ! Beijo

Helga disse...

Como diria Rita Lee:

Amor sem sexo é amizade
Sexo sem amor é vontade...

E eu concordo com ela.
Beijinho :)

Doce Nostalgia disse...

Acho que o válido mesmo é sexo com amor! sei lá!
É bem mais especial!


Beijos adorei o texto!