sexta-feira, 17 de setembro de 2010

E do alto do salto...

Estou esperando uma amiga nos próximos minutos para irmos ao shopping desanuviar vendo as pessoas andando feito loucas com sacolas nas mãos enquanto tomamos um sorvetinho e rimos de alguma coisa sem importância. Mas aí enquanto me arrumava percebi que fiz a maior bagunça no quarto escolhendo roupa, sapatos e etc, e percebi quanta coisa em geral vamos acumulando sem necessidade, sem fazer uso delas. No final pego jeans mais surrado, a bolsa que me acompanha em quase todas as ocasiões e um scarpin pra dar um arzinho de sofisticação(quando na verdade queria ir de havainas), jogo um acessório ou outro pra fazer alguma diferença e todas as maravilhas novas acabam envelhecendo guardadas. Da próxima vez vou desanuviar folgando minhas prateleiras e doando algumas coisas que serviriam mais a outras pessoas que a mim... não são tantas assim, mas já me confundem e fazem tanto volume, imagine o quanto significará para quem de fato não tem opção. Acho que daqui a pouco lá no shopping inevitavelmente vou pensar nisso ao ver as pessoas consumindo desesperadamente para encher prateleiras na tentativa de esvaziar os problemas que vão em seus corações e mentes e logo saberão que ao chegarem em casa continuará a mesma coisa e mais algumas pilhas de quinquilharias que não vão usar... 

8 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Excelente texto. Realmente acontece isso, a gente vai acumulando coisas que não sua, e acaba comprando mais. Ainda bem que você acordou a tempo., de não se perder nomeio de tantas roupas.
Bjux

ஐ¸.Lady .¸ஐ disse...

Adoro ir ao shopping.rs
Já joguei um monte de papel, contas, e tralhas fora, parece que tudo ficou mais leve e com mais espaço.Roupas e sapatos já doei o que não usava mais.
A gente acaba percebendo mais cedo ou tarde.
Beijinhos da Lady

Maria José disse...

Juci. Perfeito texto. A maioria de nós faz isso na tentativa de fugir das preocupações diárias. De nada adianta o prazer de algumas horas comprando vaidade, pois a felicidade não vem daí. Vamos acumulando coisas que pouco ou nunca usamos e o pior, vamos acumulando lixo existencial. Façamos uma faxina material e espiritual e a vida vai nos sorrir em sua simplicidade. Beijos.

Marcos Almeida disse...

Realmente lugar de ser feliz não é supermercado, Muito menos shopping center. O maior erro nosso é consumir achando que isso alivia os nossos problemas quando na verdade não precisamos adiquirir e sim fazer uma faxina deixando só o essencial dentro e fora dos nossos corações

Vivian disse...

...a insatisfação humana,
nos faz consumistas, pobres,
e egoístas.

bj

O Profeta disse...

Sonhei
Com mares, com uma longa travessia
Desfraldei uma vela alva
Naveguei na chegada, na partida morria

Sonhei que era um cavaleiro andante
Por dias de inquietante perdura
Avistei um vagabundo num espelho de água
Era a minha alma talhada em pedra fria e dura


Doce beijo

João disse...

E do alto....vejo luzes que brilham ao seu redor. Delicioso texto. abrçs

Fátima disse...

E exatamente isso, é sempre saimos com a primeira roupa que vestimos.
Muito bem observado.

Beijos meu