domingo, 22 de agosto de 2010

Meu oposto de mim

Quando estou bem...
... louca.
Quando estou triste...
... racionalizo demais.
Quando tenho medo...
... grito, enfrento, encaro.
Quando falo...
... me escondo.
Quando calo...
... me exponho.
Brigo...
... amo.
Não reclamo...
... ignoro.
Quando decido esquecer...
...vivo de lembrar.
Só tenho muita vontade...
... do que já tive.
Choro...
... quando ganho.
Como ganho...  
... sorrindo.
Não fico...
... se beijo é porque já me levaram.
Não namoro...
... até agora conseguí voltar.
Não tenho metade...
... sou inteira.
Com alguma frequência caio...
... mas ainda gosto de olhar estrelas.
Quando distraída...
... surpresas.
Encontro, acho...
... descubro que sentia saudades, que procurava.
Fecho os olhos...
... me vejo.
Me sinto...
... estou abraçando alguém.
Escrevo...
... escondendo o nada que estou para revelar tudo que sou.

11 comentários:

Sil.. disse...

Juci, simplesmente me engasguei com seu texto.

É lindo demais...e como me vi aqui..

Um abraço grande, minha flor!

Eduardo Medeiros disse...

JUci, que belo poema. Temos todos nossos opostos convivendo com os opostos dos opostos, e andamos assim: a-postos.

Uma boa semana para você.

abraços

Bé* disse...

Gosto da forma de como abordas o ser humano. É mesmo assim, uma pequena atitude ou comportamento é o reflexo de uns outros tantos. Gostei e identifiquei-me particularmente com esta parte "Brigo...
... amo.
Não reclamo...
... ignoro."!

Continue escrevendo assim!

um beijo*

*lua* disse...

"choro ... quando ganho" Não me sobra nada para falar ... pois ficaria na sombra de tua luz. Parabéns. Beijo grande

Kakah* disse...

Ahhh,adorei as analogias que vc fez.
juntando uma frase a outra. gostei mt...

BJinhuss

Valéria Sorohan disse...

São os oposto que sempre nos completam.

BeijooO*

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ah, que ritmo vivo, vívido e febril. A febre louca de viver tudo, ao mesmo tempo, e sempre e mais.....no final!

Sônia Silvino disse...

Que criativo! Adorei, Juci!
Beijinhos, amada!

Pedro Miguel disse...

Adorei bastante a forma como misturaste "tudo".
"Fecho os olhos... me vejo."

Obrigado por gostares. :)

ParadoXos disse...

já sei a quem vou procurar para tirar dúvidas de Filosofia

:-)

estás a fazer o Mestrado?

Lady Me disse...

Adorei o texto! Está mesmo lindo!

Parabéns!

Beijinho*